Arquivo

Archive for the ‘DicaseTutoriais’ Category

Adeona – Boa dica

14 de junho de 2011 Deixe um comentário
Bom o Adeona é um software open source , que após ser instalado no 
seu laptop, ele gravará, constantemente, informações sobre as redes que ele se conectou e o número de IP delas, então, os usuários poderão ter acesso direto a estas informações usando outro computador, a qualquer momento.
Compatiblidade : XP, Vista.

Download Adeona

Categorias:DicaseTutoriais

10 coisas que você precisa saber antes de enviar seu arquivo para impressão em uma gráfica

10 de maio de 2011 Deixe um comentário

Só quem trabalha na área gráfica tem noção da preocupação necessária que um arquivo, tratado para ser impressa em uma gráfica, merece. Quem não trabalha no ramo costuma pensar que pode fazer qualquer coisa no Word, ou mesmo no Paint, e enviá-lo para impressão. Nada disso! Existem certos cuidados que sua arte final precisa ter para que o resultado – como as cores e o espaçamento – seja fiel ao que você viu na tela do computador.
Elaboramos aqui uma rotina de cuidados que uma arte-final precisa e que é bastante útil para interessados ou designers gráfico iniciantes, confira:
Escala de cores Pantone (Foto: Divulgação)Escala de cores Pantone (Foto: Divulgação)
10. Em impressos a medida utilizada é centímetros (cm) e não pixels, portanto uma arte em 500x500px não serve para impressão;
9. O padrão de cores utilizados é CMYK (Cyan, Magenta, Yellow e Black) e a tela do computador exibe RGB (Red, Green, Blue), portanto é necessário que para que se alcance a cor desejada, seja utilizada uma escala cromática como a da Pantone, que é um padrão universal de cores para impressão;
8. Existem muitos processos de impressão (ex: offset, flexografia e serigrafia), e é importante saber qual será o método adotado, pois isso impactará na finalização da sua arte;
7. Há diversos tipos de materiais em que se pode imprimir, portanto certifique-se em qual tipo de papel seu projeto será impresso, ou se utilizará algum outro tipo de material como plástico, tecido ou superfícies metálicas, pois isso também impacta na criação e finalização da arte;
6. Todas as imagens deverão estar em CMYK com resolução 300dpi, e devem ser tratadas à parte do programa onde você está criando a sua arte. Por exemplo: se você estiver fazendo um folder no Illustrator, você pode tratar as imagens no Photoshop e depois importá-las de volta para o Illustrator novamente;
Gráfica (Foto: Divulgação)Gráfica (Foto: Divulgação)
5. Evite usar degradês, blends e sombras dentro do programa no qual você está finalizando o arquivo, pois são estruturas muito complexas e elevam o tamanho do arquivo, o tempo de renderização e o tempo de impressão. Dê preferência para a aplicação de qualquer efeito gráfico e filtros dentro do software de tratamento de imagem e aplique a imagem no arquivo final como um bitmap;
4. Em vetores, utilize a menor quantidade de pontos possíveis. Muitos pontos retardam o processamento do arquivo e pode causar erros;
3. Não utilize fios com espessura hairline, pois dependendo do tipo de impressão, ela pode ficar praticamente invisível. Utilize medidas de no mínimo 0,425pts ou 0,15mm;
2. Caso seu arquivo possua uma quinta matriz (ex: matriz da faca ou verniz), é imprescindível que você coloque marcas de registro no arquivo para que elas não fiquem desalinhadas;
1. Durante da criação da sua arte, organize todos os arquivos utilizados como imagens, fontes e textos em uma mesma pasta, junto ao arquivo final, pois eles também deverão ser enviados para a gráfica juntamente com o arquivo para impressão.
Categorias:DicaseTutoriais

Pra que pendrive quando se pode guardar 50 GB de graça nas nuvens?

6 de maio de 2011 1 comentário

Seja pela mobilidade e praticidade, seja porque você precisa de mais espaço no seu computador, os HD’s virtuais de hoje são uma mão na roda, ótimos para manter seus arquivos acessíveis em qualquer lugar, com conexão à internet.
Agora, imagina se você pudesse ter 50GB de espaço gratuitos para guardar todos os seus arquivos de fotos, vídeos, textos, documentos e músicas?
Adrive (Foto: Divulgação)O Adrive fornece 50GB de espaço virtual gratuito
Adrive disponibiliza tudo isso para você, fornecendo uma solução segura com vários níveis de validação, própria para guardar os seus backups na nuvem.A ferramenta possui também um recurso de pesquisas e a possibilidade de se editar seus arquivos online.
Passo 1. Acesse o site do Adrive, clicando aqui;
Passo 2. Clique em “Sign up”. Em seguida, preencha seus dados no formulário;
Passo 3. Em “Please Select Your Plan”, selecione a opção “Basic-Free” para a inscrição na conta gratuita. Após o preenchimento de todos os dados, clique em “Continue”;
Passo 4. Entre no seu e-mail para confirmar a criação da conta. Depois, clique no link;
Passo 5. Faça o login e clique em “OK”;
Adrive (Foto: Divulgação)Plataforma para upload de arquivos e pastas do
Adrive 
Passo 6. Clique em “Upload Files/Directories” para subir todos os arquivos que você desejar. É possível subir, por vez, mil arquivos;
Passo 7. Em seguida, clique em “Add”. Selecione os arquivos e clique em “Open”;
Passo 8. Clique em “Upload” e aguarde até o fim do processo;
Passo 9. Pronto! Seus arquivos já estão armazenados e você pode acessá-los de qualquer lugar. Clique sobre um arquivo e escolha uma das opções, entre compartilhar à alguém, editar, renomear ou excluir.
Este aplicativo é bem util , além de ser de graça. 
Categorias:DicaseTutoriais, Util

Afim de instalar o ubuntu sem retirar o windows (formatar o hd) ? confira este post

5 de maio de 2011 Deixe um comentário

O ubuntu sem duvida está cada vez sendo utilizado cada vez mais pelos usuários , tem um visual agradável , é bom , leve , e rápido eu uso linux e recomendo.
[   ]ubuntu-11.04-desktop-i386.iso
Mas você não quer deixar o windows de lado ? Este post vai ensinar como fazer isso . Vamos lá ?


Passo 1 : Faça o download do  instalador Ubuntu para Windows .


Instalador do Ubuntu no Windows (Foto: Reprodução/Paulo Higa)Passo 2. Execute o arquivo wubi.exe. Na janela que aparecer, clique em “Instalar dentro do Windows”:
Passo 3. Selecione a partição que o Ubuntu virtual deverá ser instalado, se houver mais de uma. Dê preferência para as partições com mais espaço livre;
Passo 4. Selecione o “tamanho da instalação” do Ubuntu: este é o espaço que o Ubuntu  ocupará no seu disco rígido. Evite deixar o tamanho muito pequeno, já que isso pode acarretar em problemas no uso do sistema operacional;
Passo 5. Escolha um nome de usuário e uma senha. Não se esqueça da senha: é com ela que você fará login no Ubuntu;
Passo 6. Clique em “Instalar”. O instalador deverá fazer o download do Ubuntu e copiar os arquivos de sistema para o seu disco rígido. Quando o assistente solicitar, reinicie seu computador;
Passo 7. Na tela de boot, selecione a opção “Ubuntu”. Agora é só seguir as instruções que serão apresentadas na tela. E pronto! Seu Ubuntu já está instalado dentro do Windows;
Passo 8. Se quiser desinstalar o Ubuntu, entre no Painel de Controle e vá em “Adicionar ou remover programas” (no Windows XP) ou “Programas e Recursos” (no Windows 7) e desinstale-o como faria com qualquer outro programa comum.




Particionando HD em 4 passos

4 de maio de 2011 Deixe um comentário

Usuários do Windows Vista e 7 passaram a contar com uma funcionalidade bem interessante e que dava um trabalhão nas versões anteriores do sistema da Microsoft: o particionamento do HD.
Nestes dois sistemas, é possível dividir o seu HD de forma bem rápida, permitindo que você crie um espaço mais seguro para guardar os seus arquivos ou até instalar um outro sistema operacional. Veja como é simples.
Passo 1. No menu Iniciar, clique com o botão direito em “Computador” e escolha a opção “Gerenciar”;
Passo 2. Na tela seguinte, você deve selecionar “Gerenciamento de Disco”, logo abaixo de “Repositório”;
Passo 3. Aparecerão os discos e as partições já instaladas no computador. No caso desta imagem, abaixo, é possível ver que há um HD de 74 Gb e outro de 298 Gb, com um espaço já reservado para o sistema. Clique com o botão direito na partição que você deseja reduzir.
No Windows 7, você divide seu HD de forma rápida e segura (Foto: Reprodução/Fabrício Janssen)No Windows 7, você divide seu HD de forma rápida e segura

Passo 4. Para particionar, clique em “Diminuir volume” e, em seguida, escolha o tamanho que você quer para sua nova partição. Feito isso, clique em “Diminuir”
Pronto! Você já tem a sua nova partição, de forma rápida e simples. Se você usa uma versão anterior ao Windows Vista, você pode usar o Partition Magic. Existem outros disponíveis como o Cute Partiton e o Partition Logic também, se precisar.

Configurar conexão ADSL no ubuntu

4 de maio de 2011 Deixe um comentário

Efetuar a configuração de uma conexão de internet ADSL, como o Velox, no Windows, é uma tarefa muito simples. No Linux, no entanto, os usuários acabam encontrando alguma dificuldade por achar que essas configurações só serão possíveis por linha de comando. Para quem usa as últimas versões das distribuições mais famosas, essa tarefa já se tornou bem mais simples.
No passo a passo a seguir, você verá como é feita a configuração do acesso ADSL pelo Velox usando como sistema operacional o Ubuntu 10.10.
Ubuntu Linux (Foto: Reprodução/Fábio Marinho)Ubuntu Linux 
Passo 1. Clique no menu “Sistema”. Em seguida, acesse “Preferências” e depois clique em “Conexões de rede”;



Conexões de rede do ubuntu (Foto: Reprodução/Fábio Marinho)Conexões de rede do ubuntu 
Passo 2. Você verá uma janela igual a da figura ao lado, mostrando o utilitário de Conexões de rede. Clique em “DSL”. Em seguida, clique em “Adicionar” para iniciar a configuração da conexão;



 
Editando a conexão no Ubuntu (Foto: Reprodução/Fábio Marinho)Editando a conexão no Ubuntu 
Passo 3. Entre com o nome da conexão (no nosso caso nomeamos como “Velox”, mas você poderá escolher o nome que quiser). Depois preencha o campo de nome do usuário, serviço e digite a senha. Marque as opções “conectar automaticamente” e “disponível para todos usuários” para que a conexão seja inicializada automaticamente e fique ativa para todos os usuários ;

Conexão configurada (Foto: Reprodução/Fábio Marinho)

Conexão configurada 


Passo 4. A conexão foi criada, clique em “fechar”. Caso queira modificar algo é só selecionar a conexão e clicar em “editar”;
Passo 5. Para acessar a conexão que você acabou de criar e estabelecer a conectividade com a internet, clique no ícone que mostra uma seta pra cima e outra para baixo, que fica perto do relógio do sistema. Um mini menu será exibido com todas conexões disponíveis. Clique em “Velox” para autenticar a conexão.
Lembre se que toda vez que o sistema for iniciado a conexão será ativada automaticamente sem a necessidade de intervenção manual. Caso isso não ocorra, repita o passo 6.

Como alterar o favicon #dica

23 de abril de 2011 Deixe um comentário

Essa é uma dica fácil pra quem quiser colocar um ícone no seu website ou blog. Ele aparecerá na barra de endereços do navegador quando alguém acessar e também aparecerá quando alguém adicionar seu site aos favoritos.

Para seu site:

  • Opção 1: Com o ícone já pronto, salve no diretório raiz como “favicon.ico”. Pronto!
  • Opção 2: Com o ícone pronto, porém em outra localização ou com outro nome, acrescente essa seguinte linha de código dentro das tags e :

Para seu blog:
Vá nas configurações do seu blog, depois clique no link para editar HTML e acrescente a seguinte linha de código dentro das tags e :

Recomendo que ponha em 16×16 pixels para uma melhor visualização mas tambem pode fazer em 24×24 ou então 32×32.

Categorias:DicaseTutoriais