Início > Artigos > O que são vírus, worms e Trojans?

O que são vírus, worms e Trojans?

Os vírus, worms e Trojans são programas mal intencionados que podem danificar o seu computador e as informações existentes no seu computador. Podem igualmente tornar a Internet mais lenta e poderão mesmo utilizar o seu computador para se espalhar para os seus amigos, família, colegas e o resto da Internet. Mas nem tudo são más notícias: com alguma prevenção e um pouco de senso comum, terá menos probabilidades de ser vítima destas ameaças.

    Ilustração de um vírus

  • Virus : é um segmento de código de computador que se anexa a um programa ou ficheiro para se expalhar de computador para computador. Propaga a infecção à medida que viaja. Os vírus podem danificar o seu software, equipamento informático e ficheiros.                                                                                       Vírus (n.) Código criado com o intuito expresso de se duplicar. Um vírus anexa-se a um programa anfitrião e, de seguida, tenta espalhar-se de computador em computador. Pode danificar equipamento, software, ou informações. 

    Ilustração de um worm

  • Worm :  tal como um vírus, foi concebido para se copiar de um computador para outro, mas de forma automática. Em primeiro lugar, toma controlo de funções do computador que permitem transportar ficheiros ou informações. O worm, após ter entrado no sistema, pode movimentar-se sozinho. Um dos grandes perigos dos worms é o facto de se poderem duplicar em grande volume. Por exemplo, um worm pode enviar cópias de si próprio para todas as pessoas que estejam no seu livro de endereços de correio electrónico, e os computadores dessas pessoas farão o mesmo, causando um efeito de avalanche, resultando em congestionamentos nas redes das empresas e em toda a Internet. Quando são libertados novos worms, estes espalham-se bastante depressa. Entopem as redes e podem criar grandes períodos de espera para abrir páginas na Internet.
    Worm (n.) Uma subclasse de vírus. Um worm normalmente espalha-se sem interacção por parte do utilizador e distribui cópias completas (possivelmente modificadas) de si próprio através das redes. Um worm pode consumir memória ou largura de banda, o que pode fazer com que um computador fique bloqueado. 

    Ilustração de um cavalo de Tróia

  • Trojan : Quem já viu o filme que se chama Tróia ? O cavalo de Tróia da mitologia aparentava ser uma prenda, mas na realidade continha no seu interior soldados gregos que se apoderaram da cidade de Tróia. Do mesmo modo, os ‘trojan horses’, modernos cavalos de Tróia, são programas de computador que aparentam ser software útil, mas na realidade comprometem a segurança do utilizador e causam muitos danos. Um trojan horse recente assumia a forma de uma mensagem que incluía ficheiros anexos e que eram supostamente actualizações de segurança da Microsoft. Na verdade, tratava-se de um vírus que tinha por função desactivar determinados programas antivírus e firewalls. Uma prenda (programa) um tanto que desagradável não acha? Os Trojan horses propagam-se quando as pessoas abrem inadvertidamente um programa, porque pensam que a mensagem é proveniente de uma fonte legítima.Os Trojan horses podem também estar incluídos em software disponível para transferência gratuita. 

Os vírus, e alguns worms, só se podem propagar quando o utilizador abre ou executa um programa infectado.
Muitos dos vírus mais perigosos foram inicialmente espalhados através de anexos de correio electrónico—os ficheiros que são enviados juntamente com uma mensagem de correio electrónico. Normalmente, pode verificar se a mensagem de correio electrónico possui um anexo, uma vez que verá um ícone de um clip de papel que representa o anexo e inclui o respectivo nome. As fotografias, cartas redigidas em Microsoft Word e mesmo as folhas de cálculo do Excel são alguns dos tipos de ficheiros que poderá receber todos os dias através de correio electrónico. Um vírus é lançado quando abre um anexo de ficheiro infectado .Outros vírus podem propagar-se através de programas que transfere da Internet, ou através de disquetes e discos infectados com vírus emprestados entre amigos, ou mesmo adquiridos em lojas. Estas formas de contaminar um sistema com um vírus já não são muito comuns. A maior parte das pessoas apanham os vírus quando abrem e executam anexos de correio electrónico desconhecidos.
Como saber se está infectado ?
Quando abre e executa um programa infectado, poderá não notar que infectou o seu sistema com um vírus. O seu computador pode tornar-se mais lento, parar de reagir, ou desligar-se e reiniciar constantemente. Por vezes, um vírus ataca os ficheiros de que necessita para iniciar o computador. Neste caso, depois de premir o botão para ligar o computador, o que acontece é que o computador nunca chega a arrancar.
Todos estes sintomas são sinais típicos de um computador infectado — embora possam também ser provocados por problemas de equipamento, ou software, não relacionados com vírus.
Tenha cuidado , seja cauteloso com o que você faz na internet .
Anúncios
Categorias:Artigos
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: