Início > Desenvolvimento, OrientaçãoaObjetos, Programação > Polimorfismo (programação)

Polimorfismo (programação)

Consiste em quatro propriedades que a linguagem pode ter (atente para o fato de que nem toda linguagem orientada a objeto tem implementado todos os tipos de polimorfismo):

  • Universal:
    • Inclusão: um ponteiro para classe mãe pode apontar para uma instância de uma classe filha (exemplo em Java: “List lista = new LinkedList();” (tipo de polimorfismo mais básico que existe)
    • Paramétrico: se restringe ao uso de templates (C++, por exemplo) e generics (Java/C♯)
  • Ad-Hoc:
    • Sobrecarga: duas funções/métodos com o mesmo nome mas assinaturas diferentes
    • Coerção: a linguagem que faz as conversões implicitamente (como por exemplo atribuir um int a um float em C++, isto é aceito mesmo sendo tipos diferentes pois a conversão é feita implicitamente)

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: